Ação contra Robinson Faria é suspensa e STF anula provas de operação


O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou o pedido da defesa do ex-governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e suspendeu a ação penal em curso contra ele na Suprema Corte.


Faria é alvo de inquérito aberto no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que apura possíveis desvios envolvendo a Assembleia Legislativa do RN e o crime de obstrução de Justiça praticado pelo ex-governador ao tentar comprar o silêncio de uma testemunha.


Segundo Toffoli, as provas obtidas na investigação são nulas e não devem embasar a ação penal. O ministro ordenou que o caso volte à Justiça Estadual, e que siga paralisado até o julgamento definitivo por parte do STF.

PUBLICIDADE