Após alta de hospital, idosa cai da maca de ambulância e morre


Reprodução Arquivo Pessoal

Uma idosa de 93 anos morreu após cair de uma maca e bater a cabeça enquanto chegava em casa, depois de ter recebido alta do hospital por um quadro de infecção urinária. Rosália Martins Machado teve traumatismo craniano por causa da queda, mas foi deixada no quarto, só sendo socorrida novamente após dois dias, quando a família notou sinais de danos cerebrais. A polícia investiga as circunstâncias da morte, registrada no último domingo (27).


A vítima tinha acabado de receber alta da Unidade de Pronto Atendimento de Paranaguá (PR), onde se tratava da infecção mas já apresentava quadro estável. Como tinha dificuldade de locomoção, ela estava sendo levada para casa de ambulância. Assim que chegou na residência, o motorista retirou a paciente do veículo, sozinho, no dia 23 de fevereiro.

Rosália foi internada apenas na sexta-feira (25), já em estado grave, no Hospital Regional do Litoral, depois que a família percebeu que ela apresentava dificuldades na fala e perda de memória. A idosa acabou morrendo no domingo (27).


Segundo a família, o laudo para o IML foi liberado pela equipe médica para que um boletim de ocorrência fosse registrado. A Polícia Civil do Paraná investiga o caso para verificar se, para este tipo de transporte, seria obrigatório que houvesse mais gente para auxiliar o motorista da ambulância e se há como apontar responsabilidades quanto à morte da paciente.


Uol