Após repercussão, PT barra filiação de atriz pornô


Reprodução

A atriz pornô Esther Caroline Perralto, conhecida como “Tigresa VIP”, teve a filiação barrada pelos dirigentes do PT em Mato Grosso. Com isso, fica impedida de disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa, nas eleições deste ano, pelo partido. As informações são do MidiaNews.


Segundo o presidente Regional do PT, deputado estadual Valdir Barranco, em reunião recente, a Comissão da Executiva do PT decidiu, por maioria, anular o processo de filiação da Tigresa VIP.


“Por vício em seu processo de filiação, a Comissão Executiva Estadual, por nove votos a um e duas abstenções, considerou nula a filiação. Sendo assim, ela não é filiada ao PT Mato Grosso e, portanto, não há que se falar em pré-candidatura”, afirmou ele ao MidiaNews.


"A filiação não passou pelo crivo da Executiva Municipal. O presidente do diretório de Barão de Melgaço e o vereador do PT do município só tomaram conhecimento pela imprensa. Foi uma filiação apenas no TSE e não no PT", explicou.


A sigla foi alvo de críticas e chacotas nas redes sociais por conta da possível candidatura da atriz pornô. O anúncio da pré-candidatura foi feito em uma reunião na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT), junto com outros nomes do partido.


Barranco, porém, disse que nunca houve um lançamento oficial da pré-candidatura de Esther.


“Não houve nenhum lançamento e nenhum ato oficial do PT. O que houve foi um ato organizado por algumas correntes, com o objetivo de discutir nomes para pré-candidaturas majoritárias às eleições de 2022”, disse.


Atriz pornô

O anúncio da pré-candidatura movimentou as redes sociais e o vídeo do evento foi divulgado em massa em aplicativos privados de conversas.


“Quem me conhece sabe que eu não sei falar bonito, sou uma pessoa simples, humilde, venho desde muito nova fazendo protestos, correndo atrás de melhorias para o meu Estado. Agora, pré-candidata a deputada, poderei fazer mais e mais”, disse ela no evento.


"Tigresa" se tornou famosa na internet em 2015, aos 17 anos, ao compartilhar vídeos pornográficos feitos com o marido. Hoje, ela tem site próprio para assinantes, um canal no Youtube e publicações na plataforma XVideos.

Posts Relacionados

Ver tudo