top of page

Assassino de Eliel Ferreira se entrega à polícia em Mossoró


O acusado de matar o advogado Eliel Ferreira Cavalcante Júnior, de 25 anos, se entregou à polícia na manhã desta segunda-feira (25).

Ialamy Gonzaga, mas conhecido como “Júnior Preto”, estava foragido desde o dia do crime.

Após ser ouvido pelo delegado responsável pela investigação, o acuso foi encaminhado a Cadeia Pública de Mossoró, onde ficará à disposição da justiça.


O crime O crime aconteceu por volta das 21h40, no bairro Boa Vista, em Mossoró. O Eliel Ferreira estava conversando na calçada da Rua Francisco Bernardo, quando foi alvo dos disparos. Segundo a investigação inicial da Delegacia de Homicídios, ele teria sido confundido com um assaltante.

A versão, no entanto, foi contestada pela família do jovem de 25 anos. Isso porque a pessoa com quem Eliel conversava prestou depoimento à Polícia Civil e se identificou como namorado do advogado. Ele também foi alvo dos disparos do criminoso e foi socorrido com vida ao hospital.

No depoimento, o namorado de Eliel contou à polícia que ambos foram vítimas de homofobia. De acordo com o advogado da família, Edson Leão, o principal suspeito do crime seria um homem que mora em frente ao condomínio e sempre observava os dois namorados.

Após ser atingido, Eliel ainda teria conseguido correr até uma agência dos Correios perto do local, mas foi perseguido, segurado por outra pessoa e sofreu pelo menos mais sete disparos de arma de fogo.

Comments


PUBLICIDADE

bottom of page