Bolsonaro anuncia conclusão de obras no Eixo Norte do Rio São Francisco


Foto: Reprodução/Instagram


O presidente Jair Bolsonaro citou sete atos do Governo Federal pelo país, anunciados nesta terça-feira(02) – e destacou o Rio Grande do Norte em dois pontos: obras de funcionalidade ao Eixo Norte do Rio São Francisco e o envio de quase três toneladas de EPIs, enviados pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento da covid-19 no Estado. Confira os sete atos:


1- O Brasil acaba de entrar no seleto grupo de nações que abrigam lançamentos de foguetes privados, como os da SpaceX. Após décadas, inicia-se nova fase de exploração e desenvolvimento, garantindo bilhões de reais ao país e região de Alcântara /MA.


2- A média diária de exames p/ detecção da Covid-19 dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública passou de 1.689 em março p/ 7.624 em maio. Crescimento de 451% no total de testes realizados/dia. Dedicação de profissionais, permitindo que os setores funcionem 24h/dia, 7 dias/semana.


3- O Ministério do Desenvolvimento Regional, através do ministro Rogério Marinho, concluiu as obras de funcionalidade ao Eixo Norte do Rio São Francisco, permitindo que as águas do Velho Chico abasteçam o CE ainda durante o mês de junho. Além do Ceará, o Eixo Norte tem como objetivo levar água ao RN e à PB.


4- O Ministério do Meio Ambiente investe R$ 12 milhões para ajudar o Estado de Rondônia a encerrar TODOS os lixões. Será o primeiro Estado LixãoZero da Amazônia e estudos e desenvolvimento para outras regiões. Mais de 320 mil brasileiros atendidos!


5- Brasil exportará castanha de baru para a Coreia do Sul. Seu crescente comércio virou fonte de renda para pequenos agricultores de Goiás e Tocantins, especialmente. O consumo mundial de castanhas e nozes tem crescido 6% ao ano.


6- O RN acaba de receber quase três toneladas de EPIs, enviados pelo Ministério da Saúde para o enfrentamento da covid-19 no Estado. São 358 caixas, com peso total de 2.940kg. Essa é mais uma confirmação das ações do governo federal junto de estados.


7- O Governo Federal l publicou decreto que zera a alíquota de IOF para empresas distribuidoras de energia elétrica. Fato garante que evite repasse das variações nos valores dos consumidores, como as bandeiras nas contas de luz do brasileiro.

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.