Bolsonaro critica lockdown e STF: “Não sou ditador do Brasil”