Bolsonaro tira a máscara e cumprimenta repórteres em coletiva após confirmar diagnóstico de covid-19


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retirou a máscara durante a entrevista coletiva na qual confirmou que foi contaminado pelo coronavírus.

Desde o início da coletiva, o presidente estava de máscara e conversava com os repórteres na frente do Palácio da Alvorada.

Nos momentos finais da entrevista, o presidente pediu para os repórteres se afastarem e tirou a máscara. "É "Para vocês verem minha cara, eu estou tranquilo, estou bem, tudo na paz", afirmou. Apesar disso, Bolsonaro afirmou que está tomando as precauções para não contaminar terceiros. "Vou seguir o protocolo, como outros cidadãos, raramente recebendo pessoas apenas para assinar documentos", explicou o presidente. Em seguida, o presidente agradeceu as pessoas que oraram por ele e disse que não tem medo dos críticos. A atitude de Bolsonaro de retirar a máscara foi criticada por políticos de oposição. O uso da máscara é recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para diminuir o risco de contágio pelo coronavírus.

PUBLICIDADE