Bolsonaro usa o Flamengo para se vingar da Globo


Bolsonaro ataca a Globo com revogação da “MP do futebol” (Imagem: Reprodução / Globo)


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) definiu novas regras de direito de transmissão de jogos de futebol e complicou a vida da Globo. A nova medida provisória determinou que a partir de agora a negociação fique com os clubes mandantes. A MP foi publicada no Diário Oficial nesta quinta-feira (18).

Com a decisão, o “capitão” modificou a lei 9.615/1998, a lei Pelé, e determinou que o time mandante tem direito de arena sobre a partida. Assim, cabe exclusivamente aos dirigentes dos clubes a negociação do direito de transmissão.


A atitude foi tomada após um encontro entre Bolsonaro e diretores do Clube de Regatas do Flamengo no Palácio do Planalto, e assim beneficiou o time carioca nas negociações com a Globo. A decisão foi um golpe duplo: do Flamengo, pelas negociações, e de Bolsonaro, que nunca escondeu sua rivalidade com o canal.

Antes da medida provisória, a transmissão só poderia ser feita por uma emissora que tivesse concluído as negociações com todas as equipes envolvidas. Agora, o Flamengo pode negociar com outras emissoras de TV. Outros clubes podem seguir o mesmo caminho e causar mudanças drásticas na programação e no financeiro do canal carioca.

Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim disse que o jogo desta quinta (18) com o Bangu, que marca a volta do Campeonato Carioca, será transmitido pela Globo, já que o Bangu é o mandante. “Quando o Flamengo for mandante, ele pode vender para qualquer um, se fizer a modificação, e não só para aquele”, disse em entrevista à Band.


O dirigente destacou que Bolsonaro afirmou na conversa que agiria rapidamente. “A televisão está livre para passar Bangu e Flamengo, só não vai passar se não quiser. E o Flamengo terá o direito de passar o jogo contra o Boavista, no fim de semana, porque terá o mando de campo. O Flamengo vai passar na Fla TV e pode negociar com qualquer empresa, inclusive a empresa que negociou com todas as outras”, finalizou.


PUBLICIDADE