Brasil perde 8,6 milhões de empregos em abril

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, 8,6 milhões de pessoas deixaram de trabalhar em empregos formais e informais em abril, o primeiro mês completo de isolamento social.

Em março, a destruição de postos de trabalho havia atingido 2,3 milhões de pessoas na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo o Ibre.




PUBLICIDADE