Comerciantes são presos por abrir lojas na Paraíba



Quatro proprietários de lojas foram presos em flagrante após abrirem comércio não essencial, em Santana dos Garrotes, no Sertão da Paraíba. De acordo com o Ministério Público Estadual, os estabelecimentos já haviam sido interditados, mas reabriram nesta segunda-feira (25).


Segundo o MPPB, uma força-tarefa integrada pelo MPPB, polícias e Secretaria Municipal de Saúde interditou aproximadamente 30 estabelecimentos considerados não essenciais na sexta-feira (23).


Apesar da interdição, a Promotoria de Piancó foi informada que a maioria dos estabelecimentos voltou a funcionar no sábado (24) e na manhã desta segunda-feira (25).


Agentes descaracterizados confirmaram a reabertura dos comércios e quatro proprietários de lojas foram presos em flagrante e conduzidos à delegacia de Itaporanga. Eles vão responder pelo crime de desobediência, além dos processos resultados da operação realizada na sexta-feira.


De acordo com o Ministério Público, o prefeito será acionado para que fiscalize o comércio local e impeça o funcionamento dos estabelecimentos, sob pena de ser responsabilizado por improbidade administrativa em face da omissão de medidas de saúde e sanitárias para evitar a propagação da Covid-19.


Além dessa operação, o MPPB está fiscalizando desde o início de abril o comércio local das 15 cidades que integram as comarcas de Itaporanga e Piancó. Já foram interditadas lojas no Centro de Itaporanga, fechados estabelecimentos comerciais em Diamante (com duas prisões em flagrante), Serra Grande, Boa Ventura e notificados donos de bares e pequenos comércios na zona rural de São José de Caiana.


Também foram fechados dois bares em Pedra Branca e os proprietários foram presos em flagrante por descumprimento dos decretos estaduais e municipal na sexta-feira (23). Além das fiscalizações, o Ministério Público está realizando reuniões com as secretarias municipais de Saúde para intensificar as ações de combate à Covid-19.


cofemac

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.