Covid-19: Estudo mostra imunidade de macacos após infecção ou vacinação


Dois novos estudos, com resultados publicados na revista americana “Science”, mostram que macacos se tornaram imunes ao coronavírus após infecção natural pelo vírus ou com uma vacina. Embora sejam “animadores e promissores”, segundo os autores, as conclusões requerem mais pesquisas.


As descobertas estão entre as primeiras a mostrar que primatas não humanos podem desenvolver imunidade protetora ao vírus. Embora a infecção em macacos e humanos tenha diferenças, os resultados “são promissores à luz dos esforços em curso em todo o mundo para desenvolver uma vacina e tratamentos de anticorpos para a Covid-19“, segundo os pesquisadores.


Os estudiosos dizem que serão necessárias mais pesquisas para definir a durabilidade da imunidade. O segundo estudo, realizado em nove macacos expostos ao coronavírus, mostrou que todos se recuperaram e desenvolveram anticorpos.  “Nesses dois estudos, mostramos em macacos rhesus que os protótipos de vacinas os protegeu contra a infecção e que a infecção por este vírus protegeu contra a reexposição”, resumiu o cientista Dan H. Barouch.


Jovem Pam

PUBLICIDADE