top of page

Delegações de Rússia e Ucrânia negociam cessar-fogo


As delegações de Rússia e da Ucrânia estão reunidas neste momento na fronteira com a Bielorrússia para negociar um cessar-fogo na região. A Ucrânia exige que o governo de Vladmir Putin interrompa os ataques imediatamente.


O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, porém manifestou ontem ter poucas esperanças de que a guerra chegará ao fim. Ele não compareceu ao encontro e pressiona a União Europeia a intensificar as sanções contra a Rússia.


“Nosso objetivo é estar junto com todos os europeus e, mais importante, estar em pé de igualdade”, disse ele em vídeo divulgado nesta madrugada. “Tenho certeza que é justo. Tenho certeza que é possível”, acrescentou.


As autoridades russas, por outro lado, querem um acordo com os ucranianos, mas classificaram como “desestabilizador” o fornecimento de armas para a Ucrânia.


Segundo dados de agências internacionais, 350 civis morreram desde o início dos combates e 422 mil pessoas fugiram do país.


O Antagonista

Comentários


PUBLICIDADE

bottom of page