Desembargador critica postura de Fátima em audiência: 'está quebrando as regras'

A audiência de conciliação sobre os decretos lançados devido à pandemia de covid-19, mediada pelo desembargador Dilermando Motta nesta quarta-feira, 10, e com a participação do prefeito de Natal Álvaro Dias e da governadora do RN Fátima Bezerra, registrou momentos de divergência ainda primeiro ponto de discussão sobre o toque de recolher.


Enquanto Álvaro apresentou a proposta de realizar o toque de recolher das 21h às 6h, Fátima insistiu em manter o decreto estadual, tendo sido advertida em algumas vezes.


“É dever do magistrado manter o equilíbrio da relação processual. Vossa Excelência não está fazendo propostas, está trazendo considerações tentando justificar sua posição. Por ventura a senhora acha que o prefeito de Natal também não está preocupado com a situação? A senhora quer que continue as discussões jurídicas?”, questionou o desembargador.


Em outro momento, Dilemando Motta afirmou: “Vossa Excelência está quebrando as regras que foram determinadas para a audiência. A audiência é para propostas e não dados, chegar ao consenso”.



Justiça Potiguar


PUBLICIDADE