Eduardo Bolsonaro critica Fátima Bezerra e Dória

Os governadores do Rio Grande do Norte e de São Paulo, Fátima Bezerra (PT) e João Doria (PSDB), foram criticados nas redes sociais pelo deputado Eduardo Bolsonaro. Segundo o filho do presidente, os executivos estaduais não estão colaborando com o sistema de vacinação implantado pelo governo federal.


Isso porque o Ministério da Saúde criou o vacinômetro https://localizasus.saude.gov.br/, plataforma que usa dados do SIPNI, e dá transparência sobre a vacinação e rastreia toda sua distribuição para não haver desvios. Contudo, o RN governado por Fátima e SP por Dória foram os únicos estados que não aderiram ao SIPNI. Em sua publicação, o deputado armou:

''Isso é a politização da pandemia. Depois estes governadores farão de tudo para apontar desorganizações nos dados do governo federal que eles próprios provocaram. Resumindo, é o fortalecimento da narrativa ''a culpa é do Bolsonaro'' em detrimento da saúde dos brasileiros''.

Vale lembrar que a Medida Provisória 1026 arma que quem não usar o SIPNI tem até 48h para enviar os dados ao MS, porém até agora nenhum desses dois estados já enviou Sem falar que no RN, o sistema RN+VACINA já apresentou vários problemas. Inicialmente a plataforma não conseguiu comportar o número de pessoas que a acessavam para realizar o cadastramento, atrasando assim as inscrições.


Além disso, alguns profissionais não souberam manusear o sistema e inserir as pessoas que já haviam se vacinado, deixando o site desatualizado por um tempo.

Reprodução

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.