Prefeito de Maceió-AL afirma que isolamento social imposto não funciona



Com relação a um novo decreto e a possibilidade de lockdown, Rui Palmeira disse que não entende como uma medida factível, tirando como exemplo o que aconteceu em outras cidades do Brasil. "O meu entendimento é que já endurecemos todo o possível, o trabalho agora é de convencimento", disse o prefeito de Maceió. De acordo com Palmeira, no último domingo, a cidade chegou a registrar 59% na taxa de isolamento.  


Ainda com relação ao lockdown, o secretário municipal de saúde, José Thomaz Nonô, destacou que só impor normas não resolve. "Só lei não resolve, o enfoque é convencer e conscientar. A questão só evolui se as pessoas tiverem clareza e forem convencidas. Por isso estamos adotando o bom e velho carro de som, para rodar principalmente nos locais com maior fluxo e aglomeração de pessoas", disse o secretário. 


O prefeito de Maceió respondeu também sobre a pressão para a reabertura do comércio. "Neste momento não dá pra se pensar em reabrir muitas coisas, como bares e restaurantes. A gente tem se baseado em protocolos técnicos para isso. Quando a curva for achatada, podemos repensar em reabrir alguns segmentos", explicou Rui Palmeira.


TNH1

PUBLICIDADE