Especialistas dizem que vacinas são eficazes contra variante do coronavírus

Foto: Ilustração

Os especialistas da União Europeia chegaram à conclusão de que as vacinas atuais contra o coronavírus permanecem eficazes contra a nova variante da covid-19 detectada em particular no Reino Unido, anunciou o governo alemão neste domingo, 20.


“De acordo com tudo o que sabemos até o momento e após discussões que ocorreram entre especialistas das autoridades europeias, a nova cepa não tem impacto sobre as vacinas, que permanecem igualmente eficazes”, declarou o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, cujo país atualmente ocupa a presidência rotativa da UE.


O principal conselheiro científico do Reino Unido, Patrick Vallance, disse ao The Washington Post que o “vírus se espalhou” após ser observado por meses. “E está se movendo rapidamente, o que levou a um forte aumento nas hospitalizações”, disse ele. O cientista continuou dizendo, porém, que o surto da nova cepa “é controlável e há luz no fim do túnel com a vacinação iniciada”.

Segundo uma fonte do ministério da Saúde, em conversa com a agência France Press, os analistas da UE analisaram a situação neste domingo junto com representantes da autoridade alemã de vigilância sanitária (RKI).


A nova cepa do SARS-CoV-2, vírus que causa a covid-19, é considerada potencialmente 70% mais transmissível do que a anterior e foi observada especialmente no Reino Unido. Ela foi detectada pela primeira vez no sudeste da Inglaterra em setembro e está rapidamente se tornando a cepa dominante em Londres e outras regiões do país. Especialistas disseram, no entanto, que não parece mais mortal ou mais resistente às vacinas.


Há algumas semanas, a nova cepa era associada a apenas 10% ou 15% dos casos de covid-19 em algumas áreas britânicas; agora, a variante é responsável por 60% dos casos em Londres, segundo o The Guardian. Os cientistas, no entanto, ainda não conseguiram apontar por que essa mutação do vírus se espalha mais rápido.


Mutações A Organização Mundial da Saúde (OMS) está em contato próximo com as autoridades britânicas sobre a nova variante do coronavírus e aconselha as pessoas a manter a precaução, usar máscara e manter o distanciamento social, a fim de evitar a propagação da doença.

Nesta segunda-feira, a Agência Europeia de Medicamentos deve realizar uma reunião para, em princípio, tratar da primeira vacina que será usada na UE, dos laboratórios Pfizer-BioNTech — as mesmas usadas nos EUA e no Reino Unido – mas o tema da variante da covid-19 deve ser abordado.



ESTADÃO

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.