Ex-candidato a prefeito de Antônio Martins diz ter forjado o próprio sequestro


A investigação sobre o suposto sequestro do ex-candidato a prefeito de Antônio Martins, Dr. João Venâncio, que ocorreu em 23 de setembro, acaba com o mesmo sendo indiciado por falsa comunicação de crime.


O delegado Aroldo Chaves da polícia civil de Alexandria, o responsável pela investigação, apresentou imagens de uma câmera de segurança onde mostra Dr. João Venâncio saindo livremente do carro de um sobrinho, na cidade de Pereiro, Ceará. O ex-candidato João Venâncio passou cerca de três dias desaparecido, seu carro foi encontrado abandonado na BR-226 entre Antônio Martins e Pau dos Ferros.


No dia 25 de setembro, João Venâncio, já em Pereiro se dirigiu ao destacamento local da Polícia Militar, onde se contatou com a Polícia Civil de Alexandria. Os polícia se dirigiram até Pereiro para acompanhar Dr. João Venâncio de volta para sua cidade. O mesmo alegou que foi abordado, um capuz foi posto em sua cabeça e após às 19h da sexta-feira, (25 de setembro), foi deixado na serra que dá acesso a cidade de Pereiro/CE.


Diante das investigações e das imagens apresentadas, Dr. João Venâncio confessou que havia armado toda aquela situação.


“Confrontamos ele com essas imagens, onde nesse momento e diante do fato ele confessou que tinha criado toda aquelas história. Ele afirma que entrou em uma crise de pânico e queria só se esconder na casa da irmã”, disse o delegado.


João Venâncio ainda afirmou que a crise de pânico aconteceu em decorrência de achar que estava sendo perseguido. Agora ele vai responder por falsa comunicação de crime.


Fonte: Mossoró Hoje

PUBLICIDADE