top of page

Governo do RN divulga nota sobre o cachê pago para o cantor Chico César

O Governo do RN, através da Fundação José Augusto, divulgou uma nota oficial para falar sobre o cachê de R$ 90 mil pago para o cantor Chico César, bem maior do que o valor pago pelo Tribunal do Trabalho da 4° região, no Rio Grande do Sul, para contratar o artista em setembro.

NOTA SOBRE SHOW DE CHICO CÉSAR

A Fundação José Augusto (FJA) comunica que o cachê cobrado pelo cantor e compositor Chico César está de acordo com os valores praticados no mercado nacional por artistas de renome no período festivo.


Chico César, residente em São Paulo, iria se apresentar no dia 25 de dezembro na reabertura do Forte dos Reis Magos acompanhado de banda, além de uma equipe técnica, totalizando 13 pessoas.


No dia 23 de dezembro o artista testou positivo para a Covid 19, impedindo sua apresentação.


Assim sendo, informamos que o empenho do cachê, no valor de R$ 90 mil, foi imediatamente cancelado.


Neste caso, não são cabíveis comparações de cachês cobrados atualmente pelo músico com períodos anteriores, não festivos e em formato acústico, como foi divulgado nas mídias sociais do RN.


A FJA, em acordo com a produção de Chico César, irá anunciar uma nova data do show.


FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO Assessoria de Comunicação da FJA

Commentaires


PUBLICIDADE

bottom of page