Homem é morto a tiros próximo a protesto em Portland, nos EUA

Polícia investiga se a morte está relacionada a confronte entre apoaidores de Trump e manifestantes do Black Lives Matter

Um homem foi morto a tiros, na noite de sábado, no centro de Portland, nos Estados Unidos, próximo a um protesto antirracista.O episódio aconteceu enquanto uma grande carreata formada por apoiadores do presidente Donald Trump entrava em confronto com manifestantes do Black Lives Matter. Segundo a polícia, entretanto, ainda não está claro se a morte está relacionada à confusão.


"Os policiais de Portland ouviram sons de tiros entre a 3ª Avenida e a Rua Alder. Eles atenderam ao chamado e localizaram uma vítima com um ferimento à bala no peito. Um médico constatou que a vítima estava morta", disse o Departamento de Polícia em um comunicado.


Imagens da cena mostravam médicos tentando salvar o que parecia ser um homem branco. Até o momento, as autoridades não forneceram a identidade da vítima.

Segundo testemunhas, a vítima usava um boné com o símbolo do grupo Patriot Prayer, de extrema-direita. Integrantes do movimento já entraram em confronto com manifestantes em Portland em outras ocasiões.

O Globo

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.