Mossoró se aproxima de 30 mil imunizados contra a covid-19


Reprodução

O número de vacinados em Mossoró se aproxima de 30 mil pessoas, ou seja, 10% da população do município, que, segundo o IBGE, chegou a 300 mil habitantes. Com a chegada de mais vacinas, o prefeito Allyson Bezerra orientou aplicar as doses no público prioritário de 70 a 74 anos em 10 pontos de vacinação, também, durante este final de semana.


A vacinação em Mossoró e demais cidades do Rio Grande do Norte, até semana passada, ocorria lentamente, devido ao número baixo de doses das vacinas CoronaVac/Butantan e Astrazeneca/Oxford que chegavam, até então, ao estado, enviadas pelo Governo Federal.


Outro fator que tornava o número de vacinados baixos é que o PNI - Plano Nacional de Imunização, orientava, até domingo passado, as aplicar uma dose no cidadão prioritário e guardar a segunda dose para ser aplicada no período de 14 a 28 dias. Assim, poderia vir 10 mil doses, mas só imunizava, na prática, 5 mil pessoas.


O quadro mudou com a postura do presidente da república, Jair Bolsonaro, de ampliar a disponibilidade das doses de vacina aos Estados, que por sua vez distribui com os municípios em número proporcional a população.


Nesta sexta-feira, 26, o Governo do Rio Grande do Norte recebeu mais 66.100 doses e neste sábado o Corpo de Bombeiros já vai está entregando estas doses nas regionais de saúde, para as prefeituras municipais buscarem e aplicar na população.


Com a decisão do Governo Federal no final de semana passada, de aplicar todas as doses (2ª dose) que estavam em estoque e o aumento das remessas enviadas aos Estado, o prefeito Allyson Bezerra e a secretária Morgana Dantas, da Saúde, em Mossoró, convocaram os idosos com idade de 70 a 74 anos, além dos demais servidores da saúde que ainda não haviam sido vacinados e, por receber vacinas suficientes, abriu 10 postos de vacina na cidade no final de semana.

PUBLICIDADE