Paraná Pesquisas: Bolsonaro lidera todos os cenários para 2022

Um levantamento realizado pelo Paraná Pesquisa sobre a corrida presidencial para 2022 mostra o atual presidente da República, Jair Bolsonaro, à frente em todos os cinco cenários apresentados pelo estudo. Na primeira conjuntura da pesquisa, realizada com resposta estimulada, ou seja, com as opções para o entrevistado escolher, Bolsonaro aparece com 31,9% das intenções de voto, seguido por Sergio Moro (11,5%); Fernando Haddad (10,5%); Ciro Gomes (10%); Luciano Huck (8%); João Doria (5,3%); Guilherme Boulos (3,2%) e por último João Amoêdo (2,8%). A opção nulos e brancos aparece com 12,5%. Outros 4,3% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

Sem Huck, Bolsonaro cresce

No segundo cenário, sem a candidatura de Luciano Huck, o atual presidente amplia a vantagem. Nesta conjuntura, Bolsonaro aparece com 33,9% das intenções de voto, seguido por Sergio Moro (12,3%); Fernando Haddad (11,8%); Ciro Gomes (10,7%); João Doria (6,3%); Guilherme Boulos (3,2%) e João Amoêdo, também com (3,2%). A opção nulos e brancos aparece com 13,7%. Outros 4,9% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

Eduardo Leite em último

O terceiro cenário exclui João Doria e inclui Eduardo Leite (PSDB) na disputa, onde o atual governador do Rio Grande do Sul aparece como última opção dos eleitores. Nesse quadro, Bolsonaro continua com ampla vantagem, com 32,4% das intenções de voto, seguido por Sergio Moro (12%); Fernando Haddad (10,8%); Ciro Gomes (10,3%); Luciano Huck (8,7%); Guilherme Boulos (3,2%); João Amoêdo (3%) e Eduardo Leite (2,3%). A opção nulos e brancos aparece com 12,7%. Outros 4,5% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

Com Lula e Mandetta, sem Huck

Na quarta hipótese, o ex-presidente Lula e o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, são incluídos na disputa. Luciano Huck fica de fora. Mesmo neste cenário, Bolsonaro continua à frente com ampla vantagem nas intenções de voto, sendo escolhido por 32,2% dos entrevistados, seguido por Lula (18%); Sérgio Moro (11,6%); Ciro Gomes (8,7%); João Doria (5,3%); Guilherme Boulos (3,5%); João Amoêdo (3%) e por último Henrique Mandetta (1,4%). A opção nulos e brancos aparece com 12%. Outros 4,3% dos entrevistados não souberam ou não responderam.

Sem Lula, Moro e Huck, Bolsonaro dispara

O último cenário da pesquisa exclui os candidatos Lula, Sérgio Moro e Luciano Huck. Nesta hipótese, Bolsonaro dispara nas intenções de voto, chegando a 37,6%. O atual presidente é seguido por Fernando Haddad (14,3%); Ciro Gomes (13%); João Doria (6,9%); João Amoêdo (3,9%) Henrique Mandetta (2,7%). A opção nulos e brancos aparece com 15,5%. Outros 6% dos entrevistados não souberam ou não responderam.


Metodologia da pesquisa

A pesquisa ouviu 2080 eleitores, segmentados por sexo, faixa etária, grau de escolaridade, nível econômico e posição geográfica. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais telefônicas com eleitores com 16 anos ou mais em 26 estados e Distrito Federal e em 196 municípios brasileiros durante os dias 25 de fevereiro a 01 de março de 2021, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, no mínimo, 20,0% das entrevistas. O levantamento atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/20.

PUBLICIDADE