Polícia detém suspeitos de realizarem 'aniversário' de facção criminosa por aglomeração

Uma operação conjunta realizada em diversos pontos de Natal, região metropolitana e interior do Rio Grande do Norte prendeu suspeitos e apreendeu fogos de artifício, bolos e outros materiais que seriam utilizados em festas alusivas ao "aniversário" de facção criminosa que atua dentro e fora de presídios do estado.

Divulgação

As ações da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Penal ocorreram na noite deste sábado (27), confirmou a Secretaria de Segurança Pública do RN. No entanto, o saldo da operação, com número de pessoas detidas e de materiais apreendidos, só deverá ser informado na segunda (29).


De acordo com a a pasta, além de combater a criminalidade, os policiais evitaram aglomerações, proibidas pelo decreto que determina isolamento social no estado devido à covid-19.


Mesmo assim, na noite de ontem (27), diversas pessoas relataram terem ouvido fogos de artifícios em pontos diferentes da Grande Natal, por volta das 19h30.


Suspeito é baleado em confronto com PM

Uma das ações da Polícia Milita aconteceu na comunidade Gogó da Ema, em Nisia Floresta, na região metropolitana de Natal. Sefundo a PM, quando as equipes chegaram ao local, suspeitos atiraram contra os policiais, iniciando um confronto, e tentaram fugir.


Porém, os militares conseguiram deter os suspeitos, um deles baleado. Os policiais também encontraram com um dos presos um revólver calibre .38.

O suspeito ferido foi encaminhado a um hospital, e recebeu cuidados médicos.


Após alta, ele foi conduzido com os demais à Central de Flagrante da Polícia Civil, na capital potiguar.



G1

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.