top of page

Presidente da Fundação Palmares diz que “orgulho do cabelo é ridículo para o negro”

O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, voltou a afirmar nesta sexta-feira (27) que “orgulho do cabelo é ridículo para o negro”. Segundo ele, orgulho se tem de “conquistas por mérito e esforço”. Fez as declarações em seu perfil no Twitter.


Na postagem, colocou também um print de uma pergunta que teria sido feita por um repórter do Fantástico, programa da TV Globo. A pergunta faz referência ao episódio em que Camargo sugeriu, no fim do ano passado, em tom de ironia, “máquina zero obrigatória para a negrada”.


Na época, depois de críticas pela declaração, o presidente da Palmares afirmou que “nada é mais ridículo do que ter orgulho do cabelo”. Na publicação desta sexta-feira (27), ele escreveu: “Print de “repórter” do Fantástico que respondo antes de a matéria ir ao ar. Nunca desqualifiquei a aparência de ninguém em toda a minha vida, imbecis! Orgulho do cabelo é ridículo para o negro. Orgulhe se tem de conquistas por mérito e esforço. Responderei outras perguntas amanhã [sic]”.


Em uma publicação seguinte, Camargo afirmou que o Fantástico está “preparando matéria criminosa”. Disse também que todas as perguntas que o programa encaminhou à chefe de Comunicação da Palmares são “caluniosas e difamatórias. Eu as responderei aqui, antes de a bosta do Fantástico ir ao ar. Chamar a Globo de lixo é ofensivo ao lixo!”.


Ele assumiu o cargo na Palmares sob forte protesto do Movimento Negro, por ser contra pautas antirracismo, criticando, por exemplo, o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro.


Sem machado de Xangô A Fundação Cultural Palmares comunicou recentemente o lançamento de um edital para a realização de um concurso que escolherá o novo logotipo da instituição. Hoje, o símbolo é representado pelo machado de Xangô, uma referência ao orixá da cultura afro-brasileira.


A nova logo precisará “conter formas e cores que remetam única e exclusivamente à nação brasileira, ser original e inédita”.



Poder 360



Comentarios


PUBLICIDADE

bottom of page