Professora é presa por borrifar desinfetante em alunos que usavam máscara errado

Reprodução

Christina Reszetar foi presa sob acusação de abuso, após ter borrifado desinfetante em quatro alunos de uma escola na Flórida, nos Estados Unidos. A professora alegou que tomou essa medida por conta da insistência dos estudantes em não usarem máscaras de forma adequada para se proteger do novo coronavírus.


Segundo informações do jornal ‘Daily Mail’, a professora foi presa no dia 6 e participou de uma audiência no dia seguinte. No tribunal, foi mostrado imagens de Christina atingindo os estudantes com o produto de limpeza.


Ao juiz, Christina disse que com o salário que ganhava como professora não possuía condição financeira para contratar um advogado. O magistrado responsável pelo caso classificou a ação como “uma tentativa severamente equivocada de disciplina”.


O juiz negou o pedido da promotoria por um aumento de pena. Por ausência de registros criminais, ele liberou a professora da prisão sem a necessidade de pagamento de fiança. Porém, ela pode enfrentar um novo julgamento, caso o estado da Flórida decida avançar com as acusações.



Istoé

PUBLICIDADE