Ricos doam mais para Biden que para Trump

Entre os bilionários que bancam a campanha do democrata estão o empresário George Soros e Evan Williams, um dos fundadores do Twitter

A candidatura do democrata Joe Biden foi turbinada pela ajuda de doadores ricaços no 2.° trimestre deste ano. Entre abril e junho, Biden e seus aliados receberam US$ 282,1 milhões (cerca de R$ 1,5 bilhão). O montante supera o arrecado pelo presidente Donald Trump (US$ 266 milhões ou R$ 1,4 bilhão) no período. O democrata é acusado de cometer crimes sexuais contra funcionárias quando era senador.


Entre os doadores de Biden estão o polêmico empresário George Soros, James Murdoch, filho do executivo de mídia Rupert Murdoch, Evan Williams, fundador do Twitter, entre outros nomes. É o que informa a agência Reuters de notícia. Os que apoiam Trump são o presidente da Marvel Entertainment LLC, Isaac Perlmutter, a presidente-executiva da Oracle Corp, Safra Catz, e demais nomes ligados ao mercado financeiro.


Revista Oeste

PUBLICIDADE