"Tortura não se comemora e ditadura não se homenageia", diz Fátima

O juiz Andreo Aleksandro Nobre Marques tomou posse como presidente da Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (Amarn) para o triênio 2021-2023 nesta quarta-feira (31). Com o dia marcado pelo aniversário do Golpe Militar no Brasil, a governadora Fátima Bezerra, convidada a participar da solenidade online, destacou a importância da manutenção da democracia.

Reprodução

“Em 31 de março de 1964 se instaurou o regime militar, que por 21 anos rompeu com a democracia, com as instituições democráticas e com a imprensa; calou vozes, apagou sonhos, interditou o futuro do país. Passados 57 anos, ainda é necessário dizer que tortura não se comemora e ditadura não se homenageia; dizer que a democracia é o bem mais valioso que existe, porque sem ela a realização da vida e dos direitos não é possível”, disse Fátima Bezerra ao lembrar dos mortos, perseguidos, torturados e exilados desse tempo.


A governadora parabenizou aos empossados e a todos que fazem a Amarn e lembrou que como parlamentar sempre esteve junto aos magistrados e agora, no exercício do Poder Executivo, mantém uma relação construtiva e fraterna.

Fátima Bezerra destacou também a importância da união dos Poderes, com cooperação, diálogo e parcerias nesse momento crítico de pandemia, e prestou solidariedade às famílias enlutadas.


O juiz Andreo Marques também prestou homenagens às vítimas da Covid-19 e suas famílias. Para ele, o combate à pandemia é a principal luta a ser travada neste momento, não só pelos potiguares, mas pela humanidade. Ele também destacou a importância do Poder Judiciário na constituição da democracia.

“As pessoas passam, as instituições ficam. Embora sabedores dessa verdade, é preciso reconhecer todos os esforços dos que se dedicaram a servir ao interesse comum”, disse o novo presidente da Amarn, parabenizando a gestão que se encerrou nesta quarta-feira.


O juiz Andreo sucede o presidente Herval Sampaio, além de demais membros da diretoria e conselho fiscal. Mais 21 magistrados também foram eleitos junto com a chapa para o conselho executivo e o conselho fiscal.


Confira:

Conselho executivo: Presidência- Andreo Aleksandro Nobre Marques Vice-presidência Institucional – Roberto Francisco Guedes de Lima Vice-presidência Administrativa – Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas Vice-Presidência Financeira – Artur Cortez Bonifácio Vice-presidência de Comunicação – Luiz Cândido de Andrade Villaça Vice-presidência Cultural – Bruno Montenegro Ribeiro Dantas Vice-presidência Social – Maria Soledade de Araújo Fernandes Vice-presidência de Esportes – Klaus Cleber Morais de Mendonça Vice-presidência dos Aposentados e pensionistas – José Herval Sampaio Júnior Vice-presidência da Região Oeste – Uefla Fernanda Duarte Fernandes Vice-presidência da Região do Seridó – Tânia de Lima Villaça Vice-presidência de Prerrogativas – Diego Costa Pinto Dantas Vice-presidência de assuntos Legislativos e Jurídicos – Tatiana Socoloski Perazzo Paz de Melo


Conselho Fiscal: Suiane de Castro Fonseca Daniela do Nascimento Cosmo Jussier Barbalho Campos Cleanto Fortunato da Silva Ruth Araújo Viana Josane Peixoto Noronha Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos Ricardo Antônio Menezes Cabral Fagundes Sérgio Roberto Nascimento Maia


Presenças: Entre os presentes, estavam o presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, desembargador Vivaldo Pinheiro; o presidente da Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (Anamages), Magid Nauef Lauar; a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil; outros magistrados potiguares e representantes de associações estaduais de magistrados; o prefeito de Natal, Álvaro Dias; representando a Câmara Municipal de Natal, a vereadora Nina Souza; o reitor da Universidade Federal do rio Grande do Norte, José Daniel Diniz Melo; o presidente da Ordem dos Advogados do Rio Grande do Norte (OAB-RN), Aldo Medeiros.

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.