Xingamento em grupo do Whatsapp gera indenização por danos morais

Reprodução

A juíza titular do 2º Juizado Especial Cível de Brasília condenou um homem a indenizar seu colega de grupo do aplicativo WhatsApp em R$ 1 mil pelos danos morais que causou ao ofender sua moral com xingamento proferidos em grupo do aplicativo.


O autor da ação narrou que é torcedor e sócio do Fluminense-RJ e que, desde 2018, faz parte do grupo do aplicativo WhatsApp chamado de “Fluminense on tour”. Segundo o autor, o réu, que também faz parte do mesmo grupo, após o time ter sido eliminado da Copa do Brasil 2020, passou proferir insultos e xingamentos no grupo direcionados ao autor, que era apoiador do candidato vencedor ao cargo de presidente do clube.


Na sentença, a juíza considerou que o réu “extrapolou os limites da liberdade de expressão”.

PUBLICIDADE

© 2020. Portal Potiguar. Todos os direitos reservados.