top of page

Zani Madeiras vira alvo da PF em operação contra tráfico ilegal de madeiras


A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal do Brasil e o IBAMA, deflagrou nesta quarta-feira, 15/6, a Operação Micélio visando combater a comercialização e transporte ilegal de madeira com essência amazônica oriunda do Pará e destinada ao Rio Grande do Norte e a Paraíba.


A suspeita é que a Zani Madeiras esteja envolvida em um esquema de tráfico ilegal de madeiras que vem do estado do Pará. A investigação teve início no Rio Grande do Norte, estado onde a empresa tem grande atuação, com o possível envolvimento de vários grupos criminosos.

Cerca de 67 policiais estão cumprindo 10 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal/RN nas cidades de Natal/RN (2), Parnamirim/RN(2) Belém/PA(1), Tomé-Açu/PA(2) e João Pessoa/PB(3).


A investigação teve início em 2019 e busca desvendar a origem da madeira comercializada e ocultada nas transações por donos de lojas que atuam nesse ramo de negócio e que supostamente agem praticando fraude e consequentemente lavagem de dinheiro.


Além disso, outro mandado foi cumprido em uma residência, cujo local não foi divulgado. A operação também contou com a participação de auditores da Receita Federal.

Comments


PUBLICIDADE

bottom of page