Zezinho Corrêa, a voz do Carrapicho, morre após um mês internado com Covid-19


Foto: Reprodução/Internet


O cantor Zezinho Corrêa, de 69 anos, morreu neste sábado (6), após complicações pela Covid-19, em Manaus. A assessoria de imprensa do cantor, que foi vocalista da banda 'Carrapicho', divulgou comunicado ainda nesta manhã.

De acordo com a nota, a internação de Zezinho ocorreu no dia 4 de janeiro deste ano, quando ele deu entrada no Hospital Samel, localizado na cidade de Manaus.

"No dia 07/01 foi transferido para o leito de UTI no Hospital Prontocord e lá estava lutando bravamente por sua vida. Em decorrência das complicações da Covid-19, Deus quis levá-lo para sua morada eterna, e hoje ele nos deixou", continuou o comunicado.


Além das informações sobre a morte, familiares também agradeceram o apoio concedido ao artista mesmo nos momentos de complicação, além de lembrarem da relevância do mesmo no cenário musical.

"Obrigada por levar o nome do Amazonas para o mundo, por ser esse ser humano incrível em todos os sentidos. Você já está fazendo muita falta na nossa família, daqui vamos continuar te amando sempre", escreveram.


Veja o comunicado completo da família de Zezinho:





PUBLICIDADE