Apenas 23% dos potiguares usam camisinha regularmente

No Rio Grande do Norte, o uso assíduo de preservativos em todas as relações sexuais em um período de 12 meses foi realizado por 23,1% da população sexualmente ativa. O percentual equivale a 426 mil potiguares. Em Natal, o índice é um pouco maior, 25,7%, totalizando 130 mil natalenses. Foi o que apontou a pesquisa do IBGE, divulgada na noite desta sexta-feira (15).


Em todo o estado, o uso assíduo de preservativos é realizado principalmente pela população mais jovem. A faixa etária de 18 a 29 anos tem maior percentual de utilização assídua de preservativo, 38,6%, seguidas da faixa de 30 a 39 anos, 23,6%.


Em Natal, essas mesmas faixas etárias utilizam têm uma frequência de uso ligeiramente superior: 43,9% e 26,8%, respectivamente. Para as faixas de idade mais elevadas o uso de preservativos é mais raro, sendo de 16,6% entre aqueles com idade entre 40 e 59 anos, e de 5,6% entre as pessoas de 60 anos ou mais. Natal e Rio Grande do Norte tiveram valores iguais.

PUBLICIDADE