Bolsonaro confirma sedes da Copa América no Brasil; RN está fora


O presidente Jair Bolsonaro confirmou, nesta terça-feira (1), quatro das cinco sedes que irão receber jogos da Copa América durante os meses de junho e julho.


Em solenidade no Ministério da Saúde, o presidente afirmou que as escolhas levaram em consideração o posicionamento dos governadores. "Escolhemos as sedes em comum acordo, obviamente, com os governadores. Agora, já tivemos quatro governadores: aqui de Brasília, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Goiás. E mais um agora, que chegou um pouco atrasado, também se prontificando a sediar a Copa América. Então, ao que tudo indica, prezado Queiroga, seguindo os mesmos protocolos, o Brasil sediará a Copa América", afirmou Bolsonaro.


Embora a Prefeitura de Natal informar posição favorável para receber os jogos, a governadora Fátima Bezerra afirmou que o Rio Grande do Norte não iria aceitar ser sede de nenhuma partida da competição, o que teria sido decisivo para o Estado ficar de fora.

PUBLICIDADE