top of page

Casamento coletivo em presídio vai unir 56 casais em Mossoró


Um casamento coletivo vai oficializar a união de 56 casais nesta quinta-feira (22), na Penitenciária Agrícola Mário Negócio (PAMN). O evento é marcado como o maior casamento coletivo da história do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte.

A ação é realizada pelo Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS), do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), e tem como objetivo promover o direito ao casamento e garantir a dignidade dessas pessoas. O casamento será a partir das 15h.


Na ocasião, dois magistrados irão se dividir entre quatro grupos de 14 casais para celebrar as uniões civis. Além dos 56 internados, um apenado em regime semiaberto terá seu casamento realizado no cartório, chegando assim a 57 pessoas em cumprimento de pena beneficiadas pela iniciativa.

De acordo com o NAPS, desde 2010, mais de 15 mil uniões foram formalizadas nesses eventos. Assim, o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte promove a regularização de uniões civis, muitas vezes já consolidadas há anos extraoficialmente.

Comentarios


PUBLICIDADE

bottom of page