Ciro sobre Lula: 'Nunca mais farei campanha para bandido'

Em evento do banco BTG Pactual nesta quarta-feira (23), Ciro Gomes descartou a possibilidade de apoiar Lula em um eventual segundo turno contra Jair Bolsonaro.

“Nunca mais farei campanha para bandido nesse país, nem que o pau tore. Por isso eu tenho que estar no segundo turno”, disse o presidenciável do PDT, sem citar nominalmente o petista.


Ciro deu as declarações ao responder a uma pergunta sobre se irá para Paris caso não esteja no segundo turno, como fez em 2018. Para os petistas, a viagem frustrou as expectativas de apoio dele à candidatura de Fernando Haddad. “Eu não fui para Paris para não votar. Eu voltei e votei no Haddad”, afirmou o pedetista.


O Antagonista