top of page

Por aumento de casos de Covid, servidores da Saúde têm férias e licenças suspensas


Uma Portaria da secretária de Saúde Pública do Rio Grande do Norte suspendeu a concessão de férias e licença prêmio para os servidores da Sesap por 60 dias, a partir de 1º de fevereiro. O motivo é a calamidade pública em razão da grave crise sanitária pela covid-19.


A portaria considera a renovação do decreto de calamidade pública no estado, em 11 de janeiro. O documento afirma que a medida não inclui o trabalho de servidores maiores de 60 anos ou que se encontram em processo de aposentadoria.


Com isso, os servidores só voltarão a ter direito a partir de abril de 2022. Em 2020, início da pandemia, o governo utilizou da mesma medida por 180 dias.


Com informações do Sinsp



Comentarios


PUBLICIDADE

bottom of page