top of page

Russos que cavaram trincheiras em Chernobyl não terão mais de um ano de vida, diz ministro


Os soldados russos que cavaram as trincheiras nos arredores da usina nuclear de Chernobyl não terão mais de um ano de vida. A afirmação foi feita pelo ministro de Energia da Ucrânia, Herman Galushchenko. De acordo com ele, os militares cavaram em uma área altamente contaminada e alguns chegaram a tocar em material radioativo.


As forças russas invadiram a área famosa pelo desastre nuclear de 1986 já no primeiro dia da guerra, em 24 de fevereiro, e chegaram a tomar o controle total do local no dia seguinte.

留言


PUBLICIDADE

bottom of page